fbpx
Como Definir Seu Publico Alvo

Público-alvo é um grupo de pessoas que compõem o perfil de consumidores para o qual um determinado negócio se destina.

Portanto, é para elas que se volta o foco das ações de marketing e vendas,

considerando o interesse ou predisposição em adquirir as suas soluções.

Para conhecer seu o público alvo você terá que coletar informações deste grupo de pessoas, como: estado civil; formação; gênero; hábitos de compra; idade; profissão; e região do país. Calma que mais abaixo vamos te ajudar como fazer isso,rs.

Definir as informações do seu público alvo vai te ajudar muito a economizar, dinheiro e energia e vai evitar frustrações desnecessárias.

Como assim? Eu explico.

Porque você estará sendo objetivo na hora de vender. Será uma flecha que vai atingir o alvo com mais precisão!

Quer um exemplo?

Uma empresa que vende bicicletas interessa aos mais variados perfis de consumidores, sejam homens, mulheres ou crianças, de todas as localidades e com faixas de renda bastante variadas.

Já um negócio na área de capacitores para ar condicionado tem interesse muito mais restrito. Nesse caso, seu público-alvo se limita à indústria e serviços que necessitam desse tipo de componente.

No primeiro exemplo, temos um público-alvo gigantesco. No segundo, um nicho bastante claro e de menor volume

Estudar o público-alvo representa entender as suas características, hábitos e interesses para entregar a ele a mensagem mais efetiva possível para despertar a sua atenção e conduzi-lo a uma venda.

E como você deve ter percebido, é disso que se trata o marketing em si.

Portanto, não há estratégia que funcione sem a definição criteriosa do público-alvo antes da proposição de ações práticas.

A definição de público alvo não tem segredos, mas isso não significa que seja uma tarefa fácil.

Quanto mais a fundo você for no estudo dessas pessoas, mais eficaz será na determinação do seu perfil e mais assertivo será no estabelecimento das ações voltadas a elas.

Como já foi possível perceber a partir dos exemplos que apresentamos antes, há negócios com um nível de dificuldade maior ou menor para alcançar essa definição.

Mas o que não muda entre eles são as informações que você deve utilizar para a construção desse perfil. Vamos conferir?

Gênero

Faixa etária

Escolaridade

Faixa de renda

Classe social

Localização

Hábitos de consumo

Resumidamente, o seu público-alvo tem características comuns relacionadas a esses fatores.

Em negócios mais abrangentes, ele pode ser formado por pessoas de todas as faixas etárias, gêneros e poder aquisitivo, por exemplo.

É claro que, neles, o desafio do estabelecimento de uma estratégia de marketing se torna mais complicado, mas não impossível.

No próximo tópico, vamos apresentar um exemplo de público-alvo para que não restem dúvidas sobre o conceito e de modo a ajudá-lo na definição daquele que caracteriza o seu negócio.

Você viu no tópico anterior as informações que precisa para a definição do público-alvo.

Vamos, então, fazer um rápido exercício para apresentar um exemplo.

Para isso, listamos abaixo novamente os dados a apurar, acrescentando o que seria o resultado de sua pesquisa.

Confira!

Gênero: mulheresFaixa etária: entre 20 e 30 anos

Escolaridade: superior incompleto

Faixa de renda: entre R$ 5 mil e R$ 10 mil

Classe social: B

Localização: residentes em capitais e regiões metropolitanas

Hábitos de consumo: priorizam a qualidade em detrimento de preço, mas não dispensam uma boa promoção, além de terem o costume de pesquisar e comprar pela internet.

A próxima etapa consiste em descobrir quem são as pessoas com potencial interesse naquilo que você oferece.

É a hora de buscar informações para construir um perfil o mais específico possível.

Como? Através de pesquisas qualitativas.

Existem diferentes formas de colocar essa estratégia em prática, como um questionário online, que pode ser facilmente respondido.

O principal é direcionar sua atenção aos clientes que já compram de você ou a pessoas com as quais já tem algum relacionamento.

É o caso dos leads, por exemplo, que são contatos a trabalhar para que se tornem clientes de fato.

Além de descobrir o que essas pessoas têm a revelar, você também pode juntar informações de fontes diversas.

Órgãos de pesquisa, como o IBGE, entidades de classe e até mesmo o Sebrae, podem ser importantes parceiros nesse desafio.

Lembre-se de apurar dados gerais sobre a audiência, além de questões relacionadas a seus hábitos, interesses e costumes.

Se o passo anterior foi cumprido à risca, você chega ao final do processo com todas as informações que precisa para definir o público-alvo.

Resta agora só organizar os dados e construir os perfis.

Comece pelas informações básicas, que relacionamos anteriormente, relacionadas à idade, gênero, escolaridade, entre outras.

Avance para outros aspectos que entender como importantes, como os aspectos comportamentais e sua influência na tomada de decisão sobre a compra.

Vale lembrar que há pessoas mais impulsivas, outras pesquisam muito, tem quem não compre sem pechinchar, assim como aquele que só compra determinada marca, entre outros fatores.

Esse exercício também pode envolver um momento comum a todos, como formaturas, aniversários, casamentos e gestação.

Com tudo isso em mãos, basta colocar no papel e você terá informações importantíssimas sobre os seus potenciais clientes.

Sobre o Autor

James Vieira
James Vieira

Casado com Alessandra Vieira, pai da Gabi e do Nicolas, um apaixonado por marketing digital. já fiz vários curso com grandes feras do mercado digital dentre eles : Erico Rocha ( formula de lançamento) Alex Vargas ( formula negocio online) atualmente aluno do grande mestre Paulo Maccedo ( copywrinter e storycopy ).

0 Comentários

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *